11/10/2017

Franca, Batatais e São Joaquim da Barra foram responsáveis pelo consumo de 51% da energia na região em 2016

Fonte: Secretaria de Energia e Mineração

A região é a décima terceira no ranking do Estado em consumo de energia, participando com 1,5%, do total

franca interior de sp_

O Anuário de Energéticos por Município do Estado de São Paulo no ano de 2016, divulgado nesta sexta-feira, 29 de setembro, pela Secretaria de Energia e Mineração, mostra que os municípios da região administrativa de Franca foram responsáveis pelo consumo de 1,5% de todos os tipos de energia utilizados no Estado em 2016, o equivalente a 635 milhões de toe (tonelada de óleo equivalente).

A cidade de Franca continua liderando o ranking de consumo de energia na região, respondendo por 34,7% do total, seguida por Batatais com 8,7%, e São Joaquim da Barra com 7,4%. Os insumos mais utilizados foram os derivados de petróleo, energia elétrica e etanol.

“A região de Franca teve uma leve redução de 0,6% no consumo de energia em relação ao ano anterior, puxada pela queda na utilização de eletricidade e etanol. Em 2017, com a retomada da economia nacional, a expectativa é que o consumo volte a subir”, comenta o secretário de Energia e Mineração do Estado de São Paulo, João Carlos Meirelles.

O consumo de energia elétrica na região também foi expressivo, com um total de 1,6 terawatts/hora (TWh), sendo 616 gigawatts/hora (GWh) para as residências, 413 GWh para as indústrias e 270 GWh para o setor comercial. No total a região consumiu 1,3% de toda a eletricidade utilizada no Estado. Não houve consumo de gás natural na região, no período.

Os combustíveis automotivos mais consumidos na região em 2016 foram: 290 milhões de litros de óleo diesel (2,4% de todo Estado), 214 milhões de litros de etanol (2,6% do Estado) e 138 milhões de litros de gasolina (1,4% do Estado).

Em 2016, o consumo de energia no Estado de São Paulo foi de 41,9 milhões de toe (tonelada de óleo equivalente). Os dados excluem autoprodução de eletricidade, lenha e derivados, carvão mineral e derivados e os não energéticos de petróleo.

Regiões

A região metropolitana de São Paulo foi a que mais utilizou energia em 2016, consumindo 39,4% do total do Estado. Em seguida aparecem as regiões administrativas de Campinas (20,3%), Sorocaba (7,4%), São José dos Campos (6,2%), São José do Rio Preto (4,2%), Santos (3,5%), Ribeirão Preto (3,2%), Central (2,5%), Bauru e Marília (2,4%), Araçatuba e Presidente Prudente (1,8%), Franca (1,5%), Itapeva (1,3%), Barretos (1,2%) e Registro (0,9%).

Sobre o Anuário

O Anuário de Energéticos por Município no Estado de São Paulo 2016 apresenta dados sobre os principais energéticos consumidos pelos 645 municípios paulistas – energia elétrica, gás natural, etanol e derivados de petróleo, bem como as respectivas emissões de dióxido de carbono (CO2).

O documento é uma ferramenta para gestores municipais, em parceria com o governo estadual, desenvolver atividades regionalizadas de planejamento energético e também para que a iniciativa privada utilize em estudos e projetos que tenham a energia como insumo fundamental para seu desenvolvimento.

As principais informações do anuário podem ser acessadas na ferramenta Dados Municipais, com link disponível na homepage do site da Secretaria de Energia e Mineração. O arquivo com o estudo completo também está disponível na Biblioteca Virtual do hotsite Dados Energéticos. Para acessar a ferramenta online ou o pdf acesse www.energia.sp.gov.br

 

Município

ELETRICIDADE
(toe)

ETANOL
(toe)

DERIVADOS
DE  PETRÓLEO
(toe)

TOTAL
(toe)

Ribeirão Corrente

676

302

634

1.612

Rifaina

1.012

496

1.085

2.593

Itirapuã

673

714

1.789

3.176

Jeriquara

606

576

3.165

4.348

Cristais Paulista

1.437

2.370

2.150

5.957

São José da Bela Vista

926

1.487

5.050

7.463

Pedregulho

2.165

1.911

3.897

7.974

Nuporanga

4.202

658

3.620

8.480

Miguelópolis

3.870

1.964

3.293

9.126

Ipuã

2.233

2.356

4.901

9.490

Buritizal

755

955

8.395

10.105

Restinga

1.367

548

8.639

10.555

Sales Oliveira

2.318

3.591

10.862

16.772

Guará

2.473

2.990

12.761

18.224

Aramina

751

2.970

20.461

24.182

Ituverava

6.553

3.845

13.914

24.311

Igarapava

3.759

3.686

17.365

24.811

Morro Agudo

3.994

2.383

32.963

39.341

Patrocínio Paulista

4.239

1.768

34.671

40.679

Orlândia

14.840

5.577

23.215

43.633

São Joaquim da Barra

9.991

5.861

31.411

47.262

Batatais

10.775

9.323

34.967

55.065

Franca

59.586

52.956

107.613

220.155

Região Administrativa de Franca

139.203

109.288

386.823

635.313