08/11/2017

Aneel lança campanha de uso consciente da energia elétrica no rádio e na tv

Fonte: Canal Energia

Agência reguladora espera boa resposta do consumidor residencial. Estrela da campanha é a cantora Ivete Sangalo

A Agência Nacional de Energia Elétrica iniciou nesta terça-feira, 7 de novembro, campanha de uso consciente da energia elétrica. A campanha terá duração de 15 dias, tempo em que serão divulgadas peças publicitárias no rádio e na televisão com a cantora Ivete Sangalo e o marido, Daniel Cady. O lançamento na mídia tradicional é reforçada pela divulgação de mensagens pela autarquia também na internet.

O objetivo é estimular o consumidor a economizar energia, no momento em que o custo de geração está elevado com o despacho de termelétricas mais caras, e os preços estão em alta. O conceito usado na campanha da Aneel para incentivar atitudes de racionalização do consumo é “família inteligente, consumo consciente”. A expectativa da agência reguladora é de que o retorno seja significativo por parte dos consumidores residenciais.

O diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, explica que não dá para calcular antecipadamente qual será o impacto em termos de carga economizada, mas a proposta é tornar essas ações permanentes. “Nossa ideia é incorporar isso de maneira mais mais permanente. Já de algum tempo, a gente tem batido nessa tecla: o setor elétrico tem uma tradição de cuidar do lado da oferta e não tem uma boa tradição do tal uso consciente, de não desperdiçar energia elétrica”, observou Rufino.

O dirigente lembrou que o racionamento de 2001 fez com que o consumidor brasileiro incorporasse a noção de uso consciente da energia elétrica em seus hábitos por um bom período. “Demorou muito para o consumo retomar o patamar anterior [ao racionamento]. Mas retomou. Então, a ideia é a gente retomar esse trabalho do lado da demanda também. Não só o residencial, mas o consumidor industrial tem muita eficientização que pode ser feita. No parque industrial, no comércio, na iluminação pública, que já é um alvo presente. Com essa campanha, [a Aneel] está indo nessa direção”, disse.

As peças da campanha ficarão no ar somente por 15 dias, por causa da concorrência com os anúncios de Natal, e também pelo aumento do preço da mídia no fim do ano.