12/12/2017

Subsecretário de Petróleo e Gás discute o programa Gás para Crescer em seminário promovido pelo RCGI

Fonte: Secretaria de Energia e Mineração

Dirceu Abrahão participou de evento promovido pelo Centro de Pesquisa para Inovação em Gás na USP

O subsecretário de Petróleo e Gás da Secretaria de Energia e Mineração Dirceu Abrahão participou nesta segunda-feira, 11 de dezembro, do Seminário sobre Gás e Regulação promovido pelo RCGI – Centro de Pesquisa para Inovação em Gás, na Universidade de São Paulo.

Abrahão participou do primeiro painel sobre Efeitos da Propositura Parlamentar nos Serviços de Distribuição do Gás Canalizado ao lado do coordenador do IEE/USP, Edmilson Moutinho dos Santos, Solange David, CCEE; Gustavo Mano, UFF e Alexei Macorin Viva, ABCE, onde apresentou as ações do Governo de São Paulo para o desenvolvimento do gás na matriz energética.

“Com o programa de desinvestimentos já em curso pela Petrobras,  a Iniciativa “Gás para  Crescer” vem propondo uma remodelagem para o mercado, o que,  associado à crescente disponibilidade do insumo no litoral paulista, gera a oportunidade de inserção definitiva do gás natural na matriz energética do Estado  de forma eficiente”, disse Abrahão.

O evento teve como foco o substitutivo ao PL 6407/2013, que trouxe contribuições normativas discutidas no âmbito da iniciativa “Gás para Crescer” lançada pelo Ministério de Minas e Energia em julho de 2016, que abriu um debate sobre a adequação das atividades do setor de gás natural ao novo momento do mercado tendo como base a redução da participação da Petrobras em diversos segmentos da cadeia.

Sobre o RCGI

O RCGI – Centro de Pesquisa para Inovação em Gás surge como um centro mundial para estudos avançados no uso sustentável do gás natural, biogás, hidrogénio e gestão, transporte, armazenamento e uso de CO2. O centro, baseado na Universidade de São Paulo, é fruto de parcerias da FAPESP no apoio de pesquisa científica de alto nível para o desenvolvimento do setor de energia. Suas atividades estão fundamentadas nos três pilares: pesquisa, inovação e difusão do conhecimento.

O RCGI reúne uma equipe de pesquisadores de diversos campos da ciência e tecnologia para desenvolvimento e solução de problemas no setor de gás e energia. Os diversos projetos são estruturados em três programas de pesquisa: Engenharia, Físico-química e Políticas Energéticas e Economia. Com a integração dos pesquisadores e complementariedade de seus programas, o RCGI oferecerá soluções inovadoras para os problemas tecnológicos do gás natural, biogás, hidrogênio e emissões de CO2 além de fornecer suporte para o aprimoramento de políticas públicas de energia no Estado de São Paulo, no Brasil e no mundo. Em especial, pretende-se aumentar a competitividade da indústria paulista e informar a sociedade para o enorme potencial econômico no uso do gás natural, biogás e hidrogênio como fontes de energias nos próximos anos.

O RCGI é grato ao generoso apoio dos patrocinadores fundadores: FAPESP e Shell.