27/02/2018

CPFL Inova divulga 12 empresas selecionadas em seu programa de inovação

Fonte: Canal Energia

Selecionadas passarão por processo de diagnóstico e mentoria entre março e agosto de 2018

A CPFL Energia divulgou na última sexta-feira, 23 de fevereiro, as 12 empresas vencedoras de seu programa de inovação para scale-ups, o CPFL Inova. O programa apoiará o desenvolvimento de organizações com soluções e produtos. Realizado em parceria com a Endeavor, ONG global de fomento ao empreendedorismo, o projeto analisou 496 ideias apresentadas com soluções para os segmentos de relacionamento com os clientes, eficiência operacional, eficiência energética, geração distribuída, big data/analytics e internet das coisas.

As empresas inscritas passaram por um processo de análise, entrevistas e um grupo interno composto por executivos do Grupo CPFL. Das 496 inscritas, 20 foram selecionadas para participarem de uma etapa final de seleção, realizada no último dia 21 de fevereiro, em São Paulo. Os 20 finalistas apresentaram os seus pitches para uma banca composta pelos principais executivos da CPFL Energia e da Endeavor.

Para escolha das empresas vencedoras, esta banca avaliou critérios como: potencial de crescimento, escalabilidade do modelo de negócios, diferenciais competitivos, além da capacidade de execução e sonho grande do empreendedor. O programa, de âmbito nacional, selecionou cinco empresas de São Paulo, duas do Rio Grande do Sul e uma de Minas Gerais, de Pernambuco, do Paraná, de Santa Catarina e Ceará.

São elas: Beyond, Blue365, Delfos, GoEpik, Linte, Neurotech, Prosumir, Sensedata, Sky Drones, Solarview, Time Energy e Way2. As ‘scale-ups’ se difere das startups por já estarem em fase de dar tração ao negócio e, portanto, com desafios mais relacionados ao crescimento sustentável.
Entre março e agosto desde ano, os 12 selecionados passarão por um processo de diagnóstico de negócio e mentoria conduzido por executivos do Grupo CPFL e mentores da rede Endeavor, composta por algumas das principais lideranças empresariais do país. Além disso, os candidatos terão acesso a um fundo de R$ 10 milhões da CPFL Energia para o desenvolvimento de projetos de P&D, nos moldes do Programa de Pesquisa e desenvolvimento da Agência Nacional de Energia Elétrica, cujos recursos serão investidos em capacitação técnica e especialização e no desenvolvimento de novos produtos e serviços.