26/06/2018

Londres quer gerar 100% de energia limpa até o final de 2018

Fonte: Ciclo Vivo

A cidade de Londres anunciou planos para alcançar o marco de 100% de energia de fontes limpas até outubro deste ano. Painéis solares vão ser instalados em prédios de toda a cidade e o governo afirma que vai investir em projetos de energia solar e eólico para diversificar as fontes limpas que abastecem a cidade. Há também a proposta de comprar mais energia de fontes alternativas, segundo o governo.

O prefeito da cidade, Sadiq Kahn, espera aumentar a capacidade solar de Londres, de modo a conseguir tornar a capital uma cidade de emissão zero de carbono até 2050.

A ação faz parte do “Energy for Londoners Programme”, ou “Programa de Energia para Londrinos”, em tradução livre. A premissa do programa é transformar casas, escritórios e empresas em locais mais eficientes. Para isso, o investimento final pode chegar a £34 milhões de euros (equivalente a mais de 150 milhões de reais).
Parcerias

Para colocar em prática a decisão, a City of London Corporation, órgão municipal responsável pelo “Square Mile”, distrito central de Londres, vai firmar parcerias com escolas, centros sociais, comércios e uma grande área de espaço verde, onde serão instaladas as fontes de energia renovável.

Em uma declaração, a Presidente do Comitê de Política e Recursos da City of London Corporation, Catherine McGuinness, afirmou que gerar 100% de energia renovável fará a cidade mais limpa e verde, reduzindo a dependência em redes de energia e zerando a emissão de carbono de energia de alguns dos prédios. “Estamos sempre visando o impacto ambiental em nosso trabalho e esperamos que possamos ser um exemplo a ser seguido por outras organizações”, ela disse ainda.

Londres é uma das cidades que mais faz para reduzir a emissão de carbono e o impacto na natureza. Recentemente, o prefeito Kahn anunciou que quer instalar dias livres de carro na cidade para diminuir a poluição na cidade. A iniciativa de gerar energia renovável também terá um grande impacto para a cidade e para o mundo.

“Ao gerar nossa própria eletricidade e investir em fontes renováveis, estamos fazendo nossa parte para atingir objetivos nacionais e internacionais”, disse McGuinness. “Esse é um grande passo para a City Corporation e demonstra nosso compromisso em nos tornar uma empresa mais responsável social e ambientalmente”, concluiu a Presidente do Comitê.