2.2

Geração

No Brasil, a geração e a transmissão de energia elétrica são realizadas nacionalmente. Ou seja, a energia produzida em qualquer estado da federação é disponibilizada no Sistema Interligado Nacional – SIN, que transmite essa energia para as regiões que necessitam.

O Estado de São Paulo pelo seu perfil industrial e de forte concentração populacional consome mais energia do que gera. A produção anual paulista é de mais de 50 mil GWh e a utilização gira em torno de 130 mil GWh, o que resulta na importação de aproximadamente 80 mil GWh de outros estados.

A produção paulista de energia elétrica é basicamente hidrelétrica e termoelétrica, tendo as empresas Cesp, AES Tietê e Duke Energy como as maiores produtoras no Estado.

São Paulo está no centro de carga do país, por isso incentiva novas unidades de geração de energia elétrica com o objetivo de garantir segurança energética e reduzir a possibilidade de problemas de transmissão.