5.2

Petróleo e Derivados

São Paulo é o terceiro maior produtor de petróleo do Brasil com produção atual média de 361 mil barris de óleo equivalente por dia. Devido a presença de cinco refinarias no Estado, que juntas são capazes de processar mais de 927 mil barris de petróleo por dia, aproximadamente 39% da capacidade de refino nacional, São Paulo responde pela maior parte da carga processada do país e pela produção dos principais derivados de petróleo como gasolina, diesel, óleo combustível, GLP – gás liquefeito de petróleo, querosene de aviação, coque e nafta, que abastecem o mercado nacional.

Toda essa produção exige uma extensa cadeia de fornecedores. São Paulo conta com mais de 40% da indústria nacional de fabricantes de equipamentos e prestadores de serviços para o setor.

A descoberta e exploração do pré-sal na Bacia de Santos ajudou a impulsionar o desenvolvimento do Estado de São Paulo, mas principalmente do litoral paulista pela chegada de novas empresas, universidades e centros de pesquisa e inovação.

Os royalties provenientes da produção petrolífera cresceram fortemente nos últimos 10 anos e atualmente representam uma parcela importante da arrecadação dos municípios confrontantes aos campos produtores.

No mapa abaixo estão disponíveis informações sobre as áreas onshore e offshore de exploração e produção de petróleo e gás natural da Bacia de Santos e de concessão da distribuição de gás canalizado no Estado.

mapa_petroleo_gas_sao_paulo